(64) 9 9989 9911

NO AR

Planeta Rádio

Com Grace Kelly, Léo Carvalho

Ciência

O “rosto Ozempic” é real? Veja o que a perda repentina de peso faz com seu corpo

A perda rápida de quilos está associada à diminuição de massa muscular e também gera outros efeitos indesejáveis, inclusive uma aparência com mais flacidez.

Publicada em 21/05/24 às 10:41h - 25 visualizações

por Kativa FM \\ National Geographic


Compartilhe
 

Link da Notícia:

O Ozempic – e medicamentos similares – causa rápida perda de peso, o que pode levar à flacidez da pele e à queda de cabelo. O motivo: quanto mais rápida for a perda de peso e maior for o déficit calórico, mais o corpo começa a desregular os sistemas  (Foto: Kativa FM \\ National Geographic)

Nos últimos meses, os medicamentos OzempicWegovy e outros no mesmo estilo, têm recebido grande atenção por ajudarem as pessoas a perder quantidades significativas de peso rapidamente. Ao perderem quilos e tamanhos de roupas, algumas pessoas notaram mudanças surpreendentes em sua aparência, especialmente o que agora está sendo chamado de “rosto Ozempic”.

Outra mudança inesperada é conhecida como o “bumbum Ozempic”. Esses não são termos ou diagnósticos médicos formais. Esses fenômenos, que se tornaram virais nas redes sociais, foram associados à rápida perda de peso durante o uso desses medicamentos agonistas do peptídeo 1 semelhante ao glucagon (como Ozempic e Wegovy). 

As pessoas afetadas podem ficar com o rosto magroflácido e mais enrugado (devido à perda de volume e de gordura facial) ou com o bumbum flácido e com uma aparência de pele solta (devido à perda de gordura nesse local).

“Isso não é exclusivo da Ozempic, de forma alguma – é uma consequência da perda de muito peso. Se você fizer uma cirurgia bariátrica seu rosto também pode ficar dessa forma", explica Lawrence Cheskin, professor e ex-presidente imediato de nutrição e estudos alimentares da George Mason University e professor adjunto de medicina da Johns Hopkins School of Medicine, nos Estados Unidos. “Não há nenhuma perda de peso especial que ocorra no rosto. Ela é apenas mais perceptível no rosto porque é um local que está sempre visível.”

Ozempic e o Wegovy são o mesmo medicamento: o semaglutide (um agonista do GLP-1),  mas são comercializados de forma diferente. Nos Estados Unidos, o FDA (U.S. Food and Drug Administration) aprovou o Ozempic para tratar o diabetes tipo 2; o Wegovy é para perda de peso. Ambos exigem prescrição médica.

“Esses medicamentos são revolucionários porque são muito eficazes na perda de peso”, diz Cheskin. De fato, a pesquisa constatou que, quando adultos com índice de massa corporal de 30 ou mais tomavam uma injeção semanal de 2,4 miligramas de semaglutide e faziam mudanças no estilo de vida, eles perdiam uma média de 15% do peso corporal ao longo do tempo.

Mas aqui está o problema: “Quando você perde peso rapidamente, é mais provável que sofra consequências indesejáveis”, observa Cheskin.

O que acontece com o corpo em caso de perda rápida de peso


“Com qualquer tipo de perda de peso, você perderá gordura visceral (ao redor dos órgãos abdominais), gordura subcutânea (sob a pele) e músculos”, afirma Caroline M. Apovian, especialista em medicina da obesidade e co-diretora do Center for Weight Management and Wellness do Brigham and Women's Hospital, em Boston, também nos Estados Unidos. “A gordura sai por toda parte. Há uma predisposição genética para onde você vai perdê-la primeiro.”

Pesquisas mostram que os fatores genéticos determinam até 60% de onde a gordura corporal é distribuída, independentemente de a pessoa ter um peso normal ou carregar quilos a mais.

E, como inúmeras pessoas decepcionadas com dietas descobriram ao longo dos anos, não é possível controlar onde o corpo elimina o excesso de gordura com intervenções para perda de peso. 

“Não podemos saber o ponto de origem da perda de peso”, diz Robert Kushner, especialista em medicina da obesidade e professor do departamento de medicina e educação médica da Northwestern University Feinberg School of Medicine, em Chicago.

O local onde é provável que você perca gordura subcutânea dependerá, pelo menos em parte, de fatores genéticos e da qualidade da sua dieta do dia a dia. A boa notícia é que, se você perder uma grande quantidade de peso, a gordura visceral ao redor dos órgãos – incluindo o fígado, os rins e o coração – será reduzida, o que pode ajudar esses órgãos a funcionar melhor, explica Apovian. “Não há dúvida: você ficará metabolicamente mais saudável.”

Além disso, a inflamação diminuirá nas articulações, acrescenta ela, assim como a pressão exercida sobre elas. “Se você perder 5 quilos, é como se estivesse tirando 30 quilos das articulações”, comenta Cheskin. Além de aliviar o desgaste das articulações, chegar a um peso mais leve pode melhorar a mobilidade da pessoa, pois ela estará movimentando menos peso.

O que acontece com o corpo em caso de perda rápida de peso


má notícia: perder peso rapidamente está associado a uma perda de massa muscular, diz Kushner. “Isso não é bom porque pode levar à fraqueza, fadiga e sarcopenia” – uma perda gradual de massa muscular e força que ocorre normalmente com envelhecimento. O objetivo é evitar ou retardar essa queda o máximo possível, e é por isso que a ingestão suficiente de proteínas e o treinamento de força regular são essenciais durante a perda de peso.

Além disso, mudanças na pele e queda de cabelo podem ocorrer com grandes reduções de peso. “Quanto mais rápida for a perda de peso e quanto maior for o déficit calórico, mais o corpo começa a desregular os sistemas que não são essenciais (para a sobrevivência)”, explica Kushner. Isso pode levar a pausas na proliferação de células no cabelo, nas unhas e na pele, resultando em perda de cabelo, unhas quebradiças e perda de elasticidade na pele. Essas funções acabarão se recuperando, mas é provável que leve tempo.

Enquanto isso, as alterações faciais podem incluir a flacidez da pele, especialmente nas têmporas, nas cavidades lacrimais e na linha da mandíbula, bem como rugas mais proeminentes, observa Elizabeth O'Neill, residente de cirurgia plástica e reconstrutiva do Rush University Medical Center, em Chicago. “As pessoas querem perder gordura, mas não percebem que a gordura é o que nos faz parecer mais jovens.”

Pesquisas descobriram que as pessoas que perdem muito peso podem parecer até cinco anos mais velhas em seus rostos do que seus pares com a mesma idade.

Por outro lado, “se você perder peso lentamente, poderá evitar essas mudanças drásticas na pele e no cabelo até certo ponto”, diz Cheskin. “Isso dá à sua pele mais tempo para se adaptar e contrair.”

Proteção contra mudanças indesejadas


Para evitar a perda rápida de peso, os médicos podem prescrever uma dose menor desses medicamentos como o Ozempic e aumentá-la lentamente, se necessário. “Se estiver tomando esses medicamentos, você precisa estar sob os cuidados de um médico para monitorar a dose e a taxa adequada de perda de peso”, afirma Kushner.


Outra opção pode ser trocar de medicamento: “Se estiver perdendo peso muito rapidamente com o Ozempic, você pode mudar para o Mounjaro (um medicamento que é uma combinação de um agonista de GLP-1 e um polipeptídeo insulinotrópico dependente de glicose já aprovado no Brasil pela Anvisa mas ainda não comercializado no país) ou vice-versa", diz Cheskin. “As pessoas têm respostas diferentes a medicamentos diferentes, mesmo que sejam da mesma classe.”

Além dos medicamentos, é importante consumir uma dieta bem equilibrada, com muitas frutas e vegetais ricos em nutrientes, laticínios com baixo teor de gordura, grãos integrais e proteína magra, e beber bastante água para manter a pele e outros tecidos hidratados. É melhor distribuir a ingestão de proteínas uniformemente ao longo do dia para preservar a massa muscular durante a perda de peso, segundo pesquisas.

Para a manutenção dos músculos durante a perda de peso, Apovian recomenda consumir de 1 a 1,5 gramas de proteína por quilo de peso corporal. Para uma pessoa que pesa 60 quilos, isso equivale a 73 a 109 gramas de proteína magra por dia

Outra medida obrigatória: praticar bastante atividade física, uma combinação de treinamento de resistência ou musculação de duas a três vezes por semana para ajudá-lo a manter a massa muscular; e exercícios aeróbicos regulares para o bem de sua saúde cardiovascular e manutenção da perda de peso, explica Apovian.

Se, apesar de tomar essas precauções, você acabar ficando com o “rosto Ozempic, pode considerar a possibilidade de fazer preenchimentos dérmicos injetáveis (como os feitos com ácido hialurônico) para restaurar o volume do rosto que foi perdido com a redução de peso. Os resultados desses procedimentos cosméticos não são permanentes, mas podem ser repetidos, observa O'Neill.

cirurgia plástica – incluindo lifting facial, lifting de pescoço, lifting de sobrancelha e procedimentos de contorno corporal, como abdominoplastia ou aumento de bumbum – também pode ser uma opção no futuro. Mas os médicos querem que as pessoas mantenham um peso estável por 12 a 18 meses antes de se submeterem a esses procedimentos cirúrgicos, pois a perda ou recuperação de peso pode comprometer os resultados.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








.

ESTA RÁDIO É SUA

(64) 3631- 1392

Copyright (c) 2024 - Kativa FM \"Essa Rádio é Sua\" - Jataí - GO